sábado, 25 de outubro de 2008

SÓ DEUS BASTA!

Olá irmãos em Cristo! Paz e Bem a todos!

Bom, hoje domingo, venho partilhar algo que vivi durante a semana que se passou. Eu estava com meu coração aflito e angustiado durante esses últimos dias, era uma tristeza que vinha da relação com as pessoas, da relação com o mundo. A cada dia que passa mais eu fico triste em ver os rumos que as pessoas estão levando, zombando de Deus e sendo hipócritas em achar que de nada precisam de Deus. Certas atitudes e indiferenças dos irmãos ferem o meu viver também, ferem o meu coração e surge a decepção com as pessoas, mas nesta semana a decepção não foi apenas com meus irmãos e irmãs mas comigo mesmo, me decepciono com a minha fraqueza, com a minha falta de fé, com a minha falta de amor para o próximo. Mergulhado em minha tristeza, passei dias ruins, sem vontade de rezar, sem vontade de sorrir e até de falar sobre Deus.

Nada estava bom, tudo incomodava, era um cansaço sem razão, onde nada era capaz de me consolar, de me aliviar. Eu estava sendo seco com as pessoas, principalmente com as mais próximas, eu já estava cansado de tristeza. A noite rezei e pedi ao Senhor a graça de terminar a semana com a alegria de viver, com a capacidade de amar a Deus sobre todas as coisas, amar o próximo e a mim mesmo.

Na quarta-feira eu preparava a correção do material para a Missa das crianças do próximo domingo, eis que naquele dia o Evangelho me abre os olhos, pois eu já tinha lido e digitado este material na segunda-feira, mas somente naquele dia meu coração percebeu a voz de Deus falando comigo:

“Sabendo os fariseus que Jesus reduzira ao silêncio os saduceus, reuniram-se e um deles, doutor da lei, fez-lhe esta pergunta para pô-lo à prova: "Mestre, qual é o maior mandamento da lei? Respondeu Jesus: Amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração, de toda tua alma e de todo teu espírito. Este é o maior e o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás teu próximo como a ti mesmo. Nesses dois mandamentos se resumem toda a lei e os profetas.” (Mt 22, 34-40)

Refleti sobre esta palavra e percebi que eu deixei de amar o próximo, deixei de me amar e estava deixando de amar a Deus! Não que eu estivesse deixando de acreditar em Deus, mas eu estava me afastando do amor de Deus, me afastando da Misericórdia infinita. No dia seguinte logo pela manhã, pedi permissão no meu serviço para tirar meu horário de almoço na primeira hora do dia, e fui até a Igreja que fica próxima de onde eu trabalho, e ali adorei Jesus, conversei com Ele com simplicidade entreguei toda esta tristeza do meu coração a Ele. Ainda ali na Igreja abri a Bíblia e li o salmo 37 (na Bíblia da CNBB Salmo 38), onde o tema é “Senhor, não me abandones”. Saí dali ainda triste, mas tentando entender os desígnios de Deus para o meu dia. Na hora do almoço recebi a benção do Santíssimo pela TV, e ali veio a confirmação do que eu precisava, eu precisava saber que SÓ DEUS BASTA! Eu não preciso procurar outra fonte para tirar a minha tristeza, eu não precisava ter outro exemplo de amor, nada é capaz de nos restaurar a não ser Deus. Parece que o sangue voltou a correr em minhas veias quando pronunciei “SÓ DEUS BASTA!”. Li novamente o salmo 37 e vi que era um ato de entrega ao Senhor, e foi o que fiz, me entreguei nas mãos de Deus e deixei Ele agir em mim.



Após esta decisão de me entregar a Deus e deixar Ele agir, muitas maravilhas foram acontecendo. Na quinta-feira mesmo, na parte da tarde estávamos com um problema financeiro na loja, e minha patroa disse que seria impossível de resolver, eu dizia em meu coração constantemente SÓ DEUS BASTA! Entreguei toda a situação nas mãos de Deus, pois minha tristeza também tinha parte nas coisas do meu trabalho. Quando faltavam 20 minutos para o banco fechar, recebemos exatamente a quantia em dinheiro que precisávamos para aquele dia, eu apenas sorri e disse novamente, SÓ DEUS BASTA!

Que maravilha, perecia ser mais simples do que eu imaginava, porém a tristeza permanecia em meu coração, me lembrei do Evangelho que dizia para amar o próximo como a mim mesmo, mas eu ainda não havia vencido esta barreira em meu coração, e pedi ao Senhor a graça de terminar a semana curado desta tristeza. A noite coloquei nas intenções do terço da Rádio Beatitudes a tristeza do meu coração e esperava confiante essa transformação. Na sexta-feira quando fui almoçar resolvi ligar a televisão e eis a minha surpresa, estava Jesus Sacramentado novamente em adoração pela TV, fiquei surpreso e não esperava encontrá-lo novamente na sexta-feira, recebi aquela benção e meu coração se encheu de amor, foi como se um vaso seco e vazio fosse preenchido com a água da vida.

“Jesus Respondeu: Todo o que beber desta água, terá sede de novo; mas quem beber da água que eu darei, nunca mais terá sede, porque a água que eu darei se tornará nele uma fonte de água jorrando para a vida eterna. A mulher disse então a Jesus: Senhor, dá-me dessa água, para eu não tenha mais, nem tenha de vir aqui tirar água.” (Jo 4, 13-15)

Foi a benção do Senhor que curou meu coração, voltei para meu trabalho radiante e feliz por ter recebido esta graça de poder amar novamente meu irmão. E mais uma vez proclamei: SÓ DEUS BASTA!

A noite ainda o Senhor falou comigo através de uma canção, na qual o vídeo abaixo nos mostra. Essa canção tocou meu coração e gostaria de pedir que antes de continuar a ler este post, carregue este vídeo e ouça esta canção, reflita sobre cada frase e sinta Deus tocar e inflamar teu coração de amor!

video

No sábado tive a graça de ajudar a conduzir um momento de oração e adoração ao Santíssimo para casais, na qual o Senhor fez maravilhas na vida de cada irmão ali presente. Mais uma vez vi que SÓ DEUS BASTA! Enquanto eu voltava para casa, vi um frase em uma camiseta de um rapaz na rua que dizia o seguinte:

“Me ame quando eu menos merecer, pois é quando eu mais preciso”

Isso confirmou em meu coração que o amor tem que vencer a decepção, tem que vencer as diferenças e as dificuldades dos relacionamentos. Eu decepciono muitas pessoas, porém, também preciso de amor, preciso que as pessoas tenham paciência e compaixão com meus erros. Mas será que sou assim com meu irmão? Ou seja, precisamos amar nosso irmão quando ele mais nos decepciona, pois somente nosso amor poderá levá-lo ao amor de Deus, e SÓ DEUS BASTA!

Espero ter conseguido expressar minha alegria de perceber como Deus é tão simples e tão grandioso em nossas vidas. Meu irmão e minha irmã, peça ao Senhor a graça de aprender a amar, de aprender a amar o irmão quando ele menos merecer nosso amor, pois é ali que Deus se faz presente e pode mudar toda a realidade.

Abra seu coração e peça ao Senhor: “Daí-me a graça meu Deus, de depender somente de ti para aprender a amar, pois seu amor é puro e verdadeiro, e apenas pelo teu amor poderei verdadeiramente amar! Sou fraco e limitado, mas minha força vem do Senhor meu Deus que habita no meu coração arrependido. Amém!”


Que o Senhor possa derramar este calor no seu coração, e logo os sinais desta mudança irão aparecer a sua volta!

Quem AMA sempre vence!

AO SOM DE:
Toca de Assis - Fogo Abrasador
Adriana - Espera em Deus
Márcio Todeschini - Eu quero amar

"JESUS EU CONFIO EM VÓS!"

Deus nos abençoe!
Seu amigo irmão Luiz Alfredo

4 comentários:

Lu disse...

Luiz, que linda partilha! Acho que todos nós temos nossos dias nublados, de insatisfação e dor, os motivos nem são muito claros para nós. No entanto, precisamos acreditar que entre as nuvens cinzentas o Sol do Amor de Deus continuar a brilhar intensamente e esse amor é que nos impulsiona a prosseguir. Termino com as sábias palavras de Santa Teresa D'Ávila: "Nada te perturbe. Nada te amedronte. A paciência tudo alcança. A quem tem Deus nada falta. Só Deus basta."
Abraços e lembre-se: Com Deus até o fim, mesmo sem entender.

Anônimo disse...

Uma benção de Deus lê essas palavras... Estou passando por um momento dificil em minha vida, parecido com o que vc passou...
Essas palavras caíram em cheio em meu coração, buscarei confiar mais em Deus e reconhecer a todo momento que SÓ ELE BASTA!
Deus abençoe vc Luiz!
abraço,
Israel Pedro

Gabriel Vasconcelos disse...

A tua graça me basta Senhor. É tudo o que eu preciso ter.
O teu amor é o que me conduz, razão maior do meu viver...

Contigo, seguro, eu sei que estou.
Em tuas mãos eu espero..

Firma meus passos, me mostra Senhor. Fazer tua vontade é o que eu quero...

Guia-me, leva-me, conduza-me por tuas veredas. Guia-me, leva-me, senhor!

Essa deve ser a nossa realidade!
Nos deixar guiar por Deus!

Seu post abriu as portas do meu coração pra uma vida nova!

Deus é maior que tudo que me acontece. Deus é grande! Supremo rei!

Anônimo disse...

Lindo seu depoimento,tocou meu coração e endenti mais ainda que Deus está a todomomento ao nosso lado e que temos que estar sempre a tentos a vontade dele, pois as coisas materias nao nos traz a verdadeira felicidade mas o momento de adorar o senhor nos cura e acalma nosso coração só ele nos basta...Amem.